Leandro Guilheiro fatura a prata no Masters de Baku


O brasileiro Leandro Guilheiro conquistou o melhor resultado brasileiro no Masters Mundial de Baku no Azerbijão, perdendo só para um judoca da casa na decisão do torneio, que conta pontos para o ranking que dá vaga nas Olimpíadas e no Mundial da modalidade.
O medalhista de ouro no evento foi o dono da casa Elnur Mammadli, que conseguiu aplicar um ippon no brasileiro na decisão. Ele teve contribuição da torcida da casa, que encheu o ginásio em Baku.
Guilheiro começou sua campanha no Azerbaijão com uma vitória sobre por yuko sobre o alemão Ole Bischof. Em seguida, bateu por ippon o francês Axel Clerget e, já na semi, pela mesma pontuação, o japonês Takahiro Nakai, conquistando assim sua vaga na decisão.
No sábado, Sarah Menezes conquistou a medalha de bronze na categoria até, 48 kg, conquistando 160 pontos para o ranking que dá pontos na luta por vagas nas Olimpíadas e Mundiais.
Ainda entre os homens, outro bom resultado foi o de Tiago Camilo (-90 kg), que ficou na quinta colocação, após derrota para o japonês Takashi Ono, medalhista de bronze no Mundial de 2005, por yukko. Rafael Silva (+100 kg) também foi 5º, perdendo para Teddy Riner, da França, medalhista olímpico e mundial.
Já Luciano Correa, na categoria até 100 kg, perdeu na estreia para Jevgenijs Borodavko, da Letônia. Daniel Hernandes, entre os judocas acima de 100 kg, também caiu na primeira rodada, diante de Daiki Kamikawa, do Japão.

Resultados femininos

Entre as mulheres, o Brasil conquistou sua melhor colocação com o quinto lugar de Maria Suelen Altheman, na categoria acima de 78 kg. Ela estreou com vitória sobre a chinesa Huanyuan Liu, por ippon, mas foi derrotada em seu segundo combate, contra a eslovena Lucija Polavder, por um yuko.
Já Mayra Aguiar não passou da primeira fase na categoria para judocas de até 78 kg. Ela perdeu logo na estreia, contra a japonesa Akari Ogata, por ippon. Ogata foi medalhista de bronze no Mundial de 2010.
fonte: uol.com.br
Compartilhar no Google Plus

About Ajuxx - Judô XiqueXique

0 comentários:

Postar um comentário