Consolidando-se entre os maiores


A fase do judô brasileiro é esplêndida.  A modalidade – uma das que mais traz medalhas para o Brasil em Jogos Olímpicos – não aparece tanto quanto outras, como vôlei,  natação, etc.  mas faz ótimo uso da verba que recebe do Comitê Olímpico e de seus patrocinadores. O resultado é o que vemos:  medalhas e mais medalhas trazidas de onde realmente importam, ou seja, no exterior, competindo com os melhores.
Só neste ano, nas competições internacionais, a Seleção Brasileira trouxe 12 medalhas. A de mais destaque, talvez, foi a de ouro conquistada por Rafaela Silva, no GP de Dusseldorf, na Alemanha, no último fim de semana.
Rafaela simboliza bem a geração brasileira da modalidade. É jovem – tem 18 anos – e conseguiu resultados expressivos rapidamente, como já haviam feito Mayra Aguiar, Leandro Guilheiro, Tiago Camilo, entre outros nomes que deram ao Brasil o status de potência neste esporte.
Hoje, no novo ranking divulgado pela Federação Internacional de Judô, o time brasileiro estaria levando 14 atletas para Londres. Ou seja, seria um dos poucos países que teria representantes em todas as categorias da modalidade.
por Ivo Felipe em 23.fev.2011 às 15:37h
Compartilhar no Google Plus

About Ajuxx - Judô XiqueXique

0 comentários:

Postar um comentário