João Derly sofre nova lesão, perde seletiva e está fora de Londres-2012

Os problemas de João Derly parecem não acabar em seu retorno aos tatames. Depois de ficar 16 meses afastado dos campeonatos, o judoca sofreu uma nova lesão no joelho e perdeu a seletiva para a seleção brasileira em Vitória-ES neste sábado. Desta maneira, o gaúcho deu adeus às chances de se classificar para os Jogos Olímpicos de Londres-2012.
"Ainda não sei a gravidade da lesão, mas estou muito chateado. Estava muito feliz em voltar aos tatames e fazer o que eu mais gosto. É uma pena que eu tenha me lesionado mais uma vez. Faz parte do esporte", lamentou Derly, que ficou no quarto e último lugar da seletiva.

Em seu primeiro combate entre os pesos leves (73 kg), o bicampeão mundial já havia sido superado por Moacir Mendes por ippon. Logo em seguida, ele encarou o paulista Marcelo Contini e sofreu a lesão na perna direita. Desde o fim de 2009 que Derly estava afastado por conta de duas cirurgias no joelho esquerdo.
Sem assegurar o retorno à seleção brasileira, Derly não poderá somar os pontos necessários no ranking para ir às Olimpíadas do ano que vem. Ele disputará os torneios internacionais realizados dentro do país, mas não terá como se classificar somente com os dois campeonatos (Grand Slam e Copa do Mundo).
O atleta ainda poderá disputar alguns torneios fora do país sem subsídio da CBJ. Entretanto, não terá permissão para participar de várias etapas do circuito mundial, como o Mundial e o Masters, sem uma virada de mesa. Ele poderá se inscrever em outras Copas do Mundo, mas as competições não serão suficientes, pois ele ainda não possui nenhum ponto na categoria até 73kg.
Enquanto isso, a medalhista de bronze de Pequim-2008 Ketleyn Quadros cumpriu seu papel e assegurou a volta ao time nacional. Ela venceu a categoria até 57kg e segue com chances de voltar a competir nos Jogos.
"Com certeza esta foi mais uma etapa cumprida no caminho até Londres. Agora que estou de volta à seleção é focar os treinos para as competições internacionais e buscar pontos no ranking mundial. Fico feliz de poder seguir com o sonho de disputar mais uma olimpíada", celebrou Ketleyn.
Do UOL Esporte*
Em São Paulo

Compartilhar no Google Plus

About Ajuxx - Judô XiqueXique

0 comentários:

Postar um comentário