Brasil tem mais um árbitro FIJ A: Laedson Lopes

O judô brasileiro tem mais um árbitro FIJ A, grupo de elite da Federação Internacional de Judô e graduação que habilita o árbitro a atuar nos principais eventos do calendário internacional. Laedson Lopes, do Rio Grande do Norte, é o mais novo brasileiro a deter este título. Com a promoção de Laedson, a atual administração da Confederação Brasileira de Judô chega ao total de 11 árbitros promovidos desde a eleição de Paulo Wanderley Teixeira.A aprovação de Laedson Lopes ocorreu na Copa do Mundo de Budapeste, na Hungria, realizada no último fim de semana. Estiveram presentes no evento todos os responsáveis pela arbitragem da FIJ.
"Foram 15 candidatos, oito aprovados e apenas eu, como representante do Brasil, de fora da Europa. Países tradicionais como Inglaterra, França e Estados Unidos não conseguiram êxito e, particularmente, estou muito feliz", diz Laedson, que, aos 35 anos, é o brasileiro mais jovem aprovado FIJ A.

Para o presidente da Confederação Brasileira de Judô, Paulo Wanderley Teixeira, a arbitragem caminha no mesmo passo dos demais setores da entidade.

"Parabéns ao Laedson por esta fantástica conquista, fruto de competência, perseverança e dedicação. Isto é resultado do trabalho de muitas pessoas, da Federação do Rio Grande do Norte e o Conselho Nacional de Arbitragem", afirma Paulo Wanderley.

Foram graduados na gestão de Paulo Wanderley: André Mariano dos Santos, Carlos Alberto de Castro Barreto, Chuno Wanderley Mesquita, Dannys Queiroz, Edilson Hobold, Edison Koshi Minakawa, Jeferson Vieira, José Pereira Silva, Paulo Cezar de Oliveira Ferreira e Silvio Acacio Borges.

Fonte: www.cbj.com.br
Compartilhar no Google Plus

About Ajuxx - Judô XiqueXique

0 comentários:

Postar um comentário