Fedor pode ter aposentado do MMA campeão olímpico de judô por lesão cerebral

Herói nacional por conta de medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, entre os pesos pesados do judô, o japonês Satoshi Ishii está com sua carreira no MMA em risco. A imprensa do país noticiou no último fim de semana que uma lesão cerebral pode fazer com que ele deixe as lutas de vez.



A revista semanal japonesa Cyzo publicou que o lutador de apenas 25 anos sofreu um edema cerebral ao ser nocauteado com uma série de socos na cabeça pela lenda russa do MMA Fedor Emelianenko, ainda no primeiro round, no tradicional evento de Réveillon que é realizado todo ano no país.
A lesão veio a público depois de ele recusar uma luta com o brasileiro Ricardo Arona, que seria realizada em março deste ano. Em setembro passado, ele já veio para cá, quando empatou seu combate com Paulo Filho na primeira edição do Amazon Forret Fight.
Esse poderia ser o fim de uma promissora carreira do jovem lutador, que era apontado como principal esperança para o Japão voltar a ter um nome de destaque no MMA depois da época do extinto Pride.
Logo após conquistar sua medalha olímpica, Satoshi Ishii demonstrou interesse em trocar o judô pelas artes marciais mistas. Duramente criticado no país inicialmente pela mudança, estreou no MMA no final de 2009, com uma derrota para Hidehiko Yoshida.
Deste então, ele teve uma carreira de sete lutas profissionais, com quatro vitórias, duas derrotas e um empate. Veja abaixo a luta entre Fedor e Ishii.

0 Comentários