Maria Suelen traz o ouro.


Maria Suelen Altheman é ouro no Grand Prix de Dusseldorf

Para completar o pódio, Tiago Camilo é prata e David Moura fica com o bronze 

O Grand Prix de Dusseldorf foi pródigo em medalhas para o Brasil. Neste domingo, Maria Suelen Altheman (+78kg) venceu suas três lutas no torneio e conquistou o ouro. Para completar o pódio, Tiago Camilo (90kg) ficou com a prata e David Moura (+100kg)conquistou o bronze. E ainda teve a prata de Diego Santos (60kg) no sábado.  A competição alemã distribuiu 300 pontos para o campeão, 180 para o segundo colocado e 120 para os terceiros. O desempenho brasileiro foi importante para a estratégia traçada pela Confederação Brasileira de Judô de colocar o maior número de atletas entre os 16 melhores do mundo.

Para chegar ao ouro, Maria Suelen Altheman (+78kg) teve uma caminhada quase perfeita até o alto do pódio: dois ippons em três lutas. Na primeira luta derrotou a sul-coreana Jung Eun Lee.  E na semifinal, bateu Sahar Trabelsi (TUN). Na decisão, aplicou um wazari na francesa Emilie Andeol mas cedeu o empate. A vitória veio por conta de duas punições por falta de combatividade da adversária. Essa foi a terceira luta entre as duas e a primeira vitória de Maria Suelen.

Tiago Camilo passour Youssef Badra (TUN), depois por Andrei Kazusionak (BLR), por Yannick Gutsche (GER) e na semifinal, enfrentou o número um do mundo na categoria, o grego Ilias Iliadis. Venceu todas as lutas por ippon. Na decisão, enfrentou Varlam Liparteliani da Geórgia – campeão do Grand Slam de Paris há duas semanas - mas não teve sorte e no contragolpe acabou perdendo por wazari.

David Moura (+100kg)também fez uma bela campanha, vencendo quatro lutas pela pontuação máxima. Ele passou pelo alemão Sven Heinle no primeiro combate mas foi derrotado na decisão da chave pelo russo Magomed Nazhmudinov por wazari. Na repescagem, derrotou o francês Jean-Sebastien Bonvoisin e, na disputa de terceiro lugar, enfrentou Faicel Jaballah(TUN). O brasileiro conseguiu um lindo ippon usando uma técnica de sacrifício e ficou com o bronze.

Rafael Buzacarini (100kg) também chegou à disputa do bronze mas foi derrotado pelo sueco Martin Pacek por wazari. Antes, bateu o mongol Enkhbat Erdenebileg na estréia no desempate por punições, depois passou por Aleksandre Mskhaladze da Geórgia por ippon mas na decisão da chave foi derrotado por Eikhan Mammadov do Azerbaijão por ippon. Na primeira luta da repescagem, bateu o tunisiano Anis Bem Khaled com dois yukos e na decisão do bronze acabou derrotado.

Maria Portela (70kg) foi derrotada por Bernadette Graf na repescagem e acabou na sétima colocação. Mauro Moura (81kg) também ficou fora da disputa por medalhas depois de perder na estreia para o sul-coreano Won Jung Kim.

Agora, a seleção passa por um período de treinos na Alemanha. Depois, as mulheres seguem para a disputa do European Open de Praga enquanto os homens vão para o European Open de Varsóvia.


Autor: Assessoria de Imprensa da CBJ.
fotos: CBJ

0 Comentários