Destaques do Judô Nacional competem em Fortaleza

Grandes nomes do judô brasileiro disputam Brasileiro Sênior em Fortaleza

Desempenho em uma das competições mais importantes do calendário nacional pode valer vaga para a última Seletiva para a seleção brasileira neste ciclo olímpico. 
No próximo final de semana, dias 18 e 19 de outubro, o Ginásio da Unifor, em Fortaleza, será o palco do Campeonato Brasileiro Sênior, uma das mais importantes competições do calendário nacional do judô ao lado do Troféu Brasil e do Grand Prix Nacional Interclubes.  O evento ganhou ainda mais importância este ano porque é a última oportunidade para que os atletas garantam vaga para a terceira e última etapa da Seletiva Rio 2016. Os vencedores se classificam automaticamente para a disputa que será realizada no Rio de Janeiro no dia 13 de dezembro. Por isso, importantes nomes estarão no Ceará para o evento. Rafaela Silva, campeã mundial em 2013, é o maior expoente. Ela que busca renovar o título que conquistou ano passado, terá pela frente jovens talentos como Ana Paula Morais (MS), de 17 anos, vice-líder do ranking nacional Sub 18, e Manoella Braga Costa (RS), de 18 anos, recentemente convocada para defender o Brasil no Desafio Internacional contra Cuba.

“Eu gosto muito de competir e o Brasileiro vai ser uma boa oportunidade para testar técnicas que estou treinando e não estou confiante ainda para fazer. Além disso, é sempre bom lutar representando a minha Federação que sempre me apoiou”, disse Rafaela Silva. “É uma experiência diferentes lutar contra meninas mais jovens, que estão começando a se destacar, já que hoje costumo lutar mais contra as adversárias de fora do país, nas competições internacionais. Acho que pra elas também é positivo porque têm a oportunidade de lutar com uma atleta mais experiente. Acho que o nível da competição estará alto.”

Vários nomes com passagem pelas seleções sênior ou de base estarão presentes. Entre os atletas que já defenderam a equipe principal estão João Pedro Macedo (73kg/RS), Marcos Seixas (73kg/MG), Stanley Torres (73kg/PI), Renan Nunes (+100kg/RS), Andressa Fernandes (52kg/SP), Milena Mendes (52kg/RS), Luana Pinheiro (52kg/MG), Erika Ferreira (63kg/CE) e Talita Morais (78kg/SP). Yuri Lourenço (55kg/MS), Gabriel Silva (60kg/MG), Rodrigo Lopes (60kg/RS), Thelmo Martellota (66kg/RJ), João Vitor Falqueto (81kg/ES), Henrique Silva (90kg/RS), Luis das Virgens (90kg/BA) e Ana Paula Prates (63kg/MS).

Os medalhistas do Brasileiro Sênior em Manaus no ano passado e que tentarão subir ao pódio novamente no masculino são Phelipe Pelim (60kg/SP), ouro; Fabrício Alves (60kg/PI), prata; Adriano Souza (66kg/AM), prata; Yuri Miranda (81kg/MG), ouro; Vinicius Panini (81kg/SP), bronze; Richard Costa (90kg/SC), prata; Horácio Antunes (100kg/RS), prata; Leandro Costa (100kg/PR), bronze; Isaque Conversa (+100kg/PB), ouro; e Juscelino Junior (+100kg/MG), prata.

No feminino, Patrícia Marques (44kg/SC), ouro; Rita Reis (44kg/AM), bronze; Carolynne Hernandez (48kg/AM), bronze; Maria Eduarda Gonçalves (48kg/RJ), ouro; Lorrayna Costa (48kg/MG), bronze; Rafaela Barbosa (52kg/AM), bronze; Maria Krauss (52kg/SC), bronze; Veronice Chagas (63kg/RN), ouro; Fernanda Araújo (63kg/GO), bronze; Helena Romanelli (70kg/SP), ouro; Renata Januário (78kg/RJ), prata; Adriana Aragão (78kg/PB), bronze; Gláucia Lima (78kg/GO), bronze; e Mayara Oishi (+78kg/PR), bronze; vão em busca da segunda medalha seguida no Brasileiro Sênior.

A meio-pesado Renata Januário foi uma das que aproveitou bem a oportunidade no Brasileiro Sênior. A atleta do Rio de Janeiro foi vice-campeã do Brasileiro Sênior e do Troféu Brasil, o que lhe rendeu uma convocação para a Seletiva. Na disputa, ficou atrás de Samanta Soares e é uma das reservas da atual campeã mundial Mayra Aguiar.

“Foi um ano de muita experiência. Gostei muito de ter lutado os Jogos Sul-americanos e quero me manter na seleção para ganhar ainda mais bagagem internacional”, disse Renata que foi bronze na competição continental.


Autor: Assessoria de Imprensa 

0 Comentários