Judô brasileiro conquista 13 pódios em Montevidéu

Judô brasileiro conquista 13 pódios no Pan-Americano de Montevidéu

A seleção brasileira de judô conquistou neste fim de semana 13 medalhas no Aberto Pan-americano de Montevidéu, no Uruguai. O resultado deixou o país na segunda colocação geral, atrás apenas da Rússia.
A equipe permanece em Montevidéu até a próxima quinta-feira (19) e, em seguida, parte para a Argentina onde disputa o Aberto Pan-americano de Buenos Aires, nos dias 21 e 22.


Em mais uma final 100% brasileira - Mariana Silva e Veronice Chagas haviam decidido a disputa do meio-médio (63kg) no sábado - Maria Portela (70kg) venceu Barbara Timo em confronto duríssimo decidido no golden score. Depois de levar uma punição, a gaúcha encaixou um golpe e pontuou com um yuko para garantir o ouro.
“Estou muito feliz por ter dado tudo certo no dia de hoje. Fiquei mais confiante e motivada para a próxima etapa na Argentina, acreditando no trabalho que venho fazendo", disse Portela. "Cada luta com a Barbara é diferente. Nós nos conhecemos bastante e nossa luta acaba sempre sendo um bom confronto.”

O segundo ouro do dia veio com o experiente Luciano Corrêa (100kg). Depois de vencer três lutas por ippon, o brasileiro chegou à final contra o russo Adlan Bizultanov. Em duelo equilibrado, Luciano começou levando duas punições, mas pontuou com um yuko para ficar com o primeiro lugar.

O Brasil ainda chegou à uma terceira final, com Rochele Nunes (+78kg), que buscava o tricampeonato da competição. Na decisão, a portorriquenha Melissa Mojica conseguiu pontuar com dois yukos e um waza-ari, deixando a brasileira com a prata.

Quem também chegou às finais foi o medalhista olímpico Leandro Guilheiro (81kg). Depois de três vitórias na primeira fase, Guilheiro caiu na semifinal para o francês Antoine Jeannin, mas se recuperou na disputa pelo bronze contra Juan Diego Turcios (ESA), pontuando com um waza-ari a apenas 9 segundos do fim da luta.

Fonte: CBJ

 

0 Comentários