Erika Miranda é Ouro no Grand Slam.

Érika Miranda é ouro e Nathália Brigida é bronze no Grand Slam de Baku


O Brasil começou muito bem o Grand Slam de Baku. Das três atletas em ação, duas conquistaram medalhas. Érika Miranda (52kg) venceu a romena Andreea Chitu por ippon graças a um estragulamento na decisão da categoria meio leve e ficou com o ouro. E a ligeiro Nathália Brigida ficou com o bronze ao superar a espanhola Julia Figueroa na diferença de punições.

Érika Miranda mostrou que está em ótima fase. Depois de vencer Campeonato Pan-americano há duas semanas, ela conseguiu pontuação contra todas as adversárias em Baku. Passou pela norte-americana Angelica Delgado e pela russa Yulia Ryzhova na primeira fase, ambas por ippon. Na semifinal, uma luta muito dura contra a finlandesa Jaana Sundberg que só terminou no golden score com um wazari de Érika. Na decisão, novo ippon sobre a romena Andreea Chitu e 500 pontos a mais no ranking mundial. 


Já Nathália Brigida começou vencendo a alemã Sonja Wirth na diferença de punições e depois derrotou a italiana Valentina Moscatt por ippon com apenas 36 segundos de luta. Nas semifinais, acabou derrotada na diferença de punições diante da romena Monica Ungareanu. Na luta pelo bronze, se recuperou e, com uma estratégia segura, dominou a luta contra a espanhola Julia Figueroa e fez a adversária ser punida duas vezes para garantir o lugar no pódio. 

“Essa primeira medalha em Grand Slam foi muito importante para me dar mais confiança. Acredito que poderia ter feito a final mas por detalhes fiquei de fora e preciso ajustar isso. Estive muito focada em cada uma das lutas e acredito que consegui aproveitar as pequenas oportunidades que apareceram”, disse Brigida.

Rafaela Silva (57kg) não conseguiu impor seu melhor judô e perdeu para a russa Tatiana Kazenyuk na primeira luta, ficando fora da disputa por medalhas. No sábado, nove de maio, lutam Mariana Silva (63kg), Ketleyn Quadros (63kg), Maria Portela (70kg), Barbara Timo (70kg), Marcelo Contini (73kg) e Leandro Guilheiro (81kg). Já no domingo é a vez de Rafael Buzacarini (100kg), Samanta Soares (78kg) e Rochele Nunes (+78kg). A equipe é formada majoritariamente por mulher porque a maior parte da seleção masculina participa de um treinamento de campo no Japão até o próximo dia 14.

No ano passado, o Brasil não teve representantes em Baku. Em 2013, foram dois ouros com Walter Santos (+100kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg), uma prata com David Moura (+100kg) e um bronze com Marcelo Contini (73kg). O bloco inicial começa às 02 da manhã e o final às 09. O SporTV 3 e o Esporte Interativo transmitem a competição.

Por: Assessoria de Imprensa da CBJ

0 Comentários