Ronda Rousey deixa cinturão no Brasil.

Ronda Rousey deixará cinturão do UFC no projeto social do judoca Flávio Canto

A campeã havia prometido que, após derrotar Bethe, deixaria o cinturão em um lugar especial no Brasil.







Flávio Canto, Ronda Rousey e Rafael dos Anjos no dia em que a campeã fez a doação para o projeto (Foto: Instagram)
Flávio Canto, Ronda Rousey e Rafael dos Anjos no dia em que a campeã fez a doação para o projeto (Foto: Instagram)
Na semana que antecedeu o UFC 190, Ronda Rousey prometeu que, em caso de vitória sobre Bethe Correia, deixaria seu cinturão “em um lugar especial no Brasil”. Durante a coletiva de imprensa pós-luta, a campeã se esquivou das perguntas a respeito do destino do cinturão, e manteve o mistério no ar. De acordo com informações do “MMAFighting.com”, a campeã deixará o cinturão no Instituto Reação, projeto social de judô mantido pelo medalhista olímpico Flávio Canto, na tarde desta terça-feira.
A história de Ronda Rousey com o Instituto Reação não começou nesta última visita da campeã ao Rio de Janeiro. Em setembro de 2014, Ronda deu uma aula para as crianças do projeto. No início de 2015, durante a divulgação do confronto contra Bethe, a americana visitou o local, e deixou uma doação de 30 mil dólares. Em conversa com a imprensa, nas vésperas do UFC 190, ela explicou porque decidiu deixar o cinturão em solo brasileiro.
“Bethe falou uma coisa certa”, disse Ronda. “Ela disse que o povo brasileiro merece que o cinturão fique aqui. Então, decidi que, depois de vencer, vou garantir que quando eu mantiver o cinturão, não o levarei pra casa. Vou deixá-lo em algum lugar no Brasil, como meu presente”.

 

Compartilhar no Google Plus

About Ajuxx - Judô XiqueXique

0 comentários:

Postar um comentário