Jéssica Pereira é pega em doping.


A judoca Jéssica Pereira, atleta do Instituto Reação e da Seleção Brasileira,foi flagrada em exame antidoping realizado em setembro de 2019 e desde então encontra-se afastada das competições. 

Considerada uma das maiores promessas para Tóquio 2020, Jéssica pode ficar até mesmo de fora dos Jogos Olímpicos, pois em recentes casos a punição foi de até 2 anos. 

A suspensão vem em má hora porque já está em vigor o período de classificação olímpica e Jéssica precisa somar pontos para garantir um lugar em Tóquio-2020. Há 25 vagas em jogo e atualmente ela é só a 22ª colocada dessa lista. Pela demora que a ABCD vem tendo para julgar casos de doping, dificilmente Jéssica estará apta a competir o Campeonato Pan-Americano, em abril, em Lima (Peru). 

A competição é o caminho mais fácil para somar pontos na corrida olímpica.Presidente do Reação, Flávio Canto lamentou o caso. "Eu não conversei ainda com a Jéssica. Não estou no Rio. Ela sabe e todo mundo sabe que sou veemente contra qualquer tipo de doping, seja ela qual for, mesmo diurético. Preciso conversar com ela e não quero que seja por telefone, quero que seja pessoalmente", disse o ex-judoca, ao Olhar Olímpico. Já a CBJ disse que está ciente do caso e acompanhando os processos legais referentes à suspensão de Jéssica.




Compartilhar no Google Plus

About Ajuxx - Judô XiqueXique

0 comentários:

Postar um comentário