Seminário de Arbitragem e a Assembleia Geral na Venezuela

Um Seminário de Arbitragem e a Assembleia Geral abrem o calendário de atividades. 

Focada no desenvolvimento e generalização do Judô na Venezuela, a Federação Nacional (FEVEJUDO) iniciou em 2019 com determinação em aumentar o nível técnico, bem como tudo o que diz respeito à organização de eventos.



O ano foi aberto com um Seminário de arbitragem, que incluiu árbitros, treinadores e líderes de 24 países. No dia 18 de janeiro, todos se reuniram no auditório do Comitê Olímpico Venezuelano em Caracas sob os auspícios da presidente da Federação da Venezuela, Katiuska Santaella, acompanhados pelo Diretor de Arbitragem, Omar Hill, e pelo Secretário Geral, Germán Contreras. Os três apresentaram as novas regras para o ciclo olímpico antes de Tóquio 2020.

'Este seminário nos permitirá divulgar informações em todo o país. Estou muito orgulhosa de ver todos vocês aqui', disse Katiuska Santaella. 'O que nós queremos é melhorar o Judô no país, apesar da crise que todos nós experimentamos. É em momentos piores que o Judô obtém os melhores resultados e tenho certeza de que continuaremos desta forma porque cada um de nós progredirá. É por isso que estamos aqui para ajudar uns aos outros e melhorar a nós mesmos ', continuou ela.


O seminário foi organizado no âmbito do programa liderado pela Federação Internacional de Judô em Mittersill, na Áustria, no início de janeiro, no qual 145 exemplos foram apresentados para aplicar corretamente as regras que estão em vigor até os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020. .

VENEZUELAN JUDO ESTÁ CLARAMENTE MELHORANDO

Hoje, o judô venezuelano está experimentando um marco em termos de resultados, especialmente marcado pelas medalhas de ouro de María Gabriela Giménez e Carlos Páez nos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires no ano passado, assim como as muitas medalhas conquistadas no Campeonato Pan-Americano. Copas Panamericanas, Jogos da América Central e do Caribe e Jogos Sul-Americanos. A excelente formação de judocas, crianças, juniores e seniores foi essencial para alcançar tais resultados e a federação também deve isso ao apoio recebido da Federação Internacional de Judô. Uma ajuda que permitiu que o judô venezuelano estivesse presente na maioria dos eventos internacionais, incluindo a turnê mundial de judô.

'O judô na Venezuela está melhorando constantemente em todos os aspectos. Seja no nível de líderes, treinadores, árbitros e, claro, judocas. Seminários como o dos árbitros terão um impacto imediato na qualidade de nosso próprio povo. Isso é crucial para aumentar o nível e a qualidade do Judô no nosso país ', declarou o Coordenador Técnico da Federação Kilmar Campos.


Tudo isso faz parte de uma estratégia global com foco na excelência do judô venezuelano. Como tal, o acordo assinado entre a Federação Internacional, a Federação da Venezuela, o Ministério do Esporte da Venezuela e o Comitê Olímpico Nacional para o apoio e desenvolvimento de 20 dojos e a doação de tatami e judogis aumentará o número de judocas, especialmente entre os crianças, no país.


ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA MARCA O INÍCIO DE 2019

A longo prazo, os objetivos já estão definidos. A curto prazo, é antes de tudo consolidar uma equipe entre a elite mundial que qualifica os judocas para Tóquio 2020.

Na Venezuela, o judô é muito popular, especialmente nas regiões de Bolívar, Carabobo, Lara, Barinas e Apure. A maioria daqueles que praticam judô são pessoas de baixa renda. Daí a importância de montar um programa de assistência por meio de tatami e judogis para que as crianças possam se desenvolver em boas condições para a prática do judô.

Foi, portanto, o Presidente que concluiu o evento com palavras que explicam o renascimento do judô na Venezuela: 'Desde o início de nosso mandato, a Federação Internacional nos apoiou de uma forma total e inacreditável para que o judô possa se desenvolver e crescer. Acreditamos que a prática de nossa disciplina de maneira massiva terá um impacto positivo em nosso país, porque o judô é sinônimo de integridade, disciplina, honestidade, fortes valores morais, respeito, amizade e esforço, ou seja, as pessoas que praticam o judô contribuem para a criação de uma sociedade avançada e próspera '.

Uma mensagem simples, direta, forte. Como o judô.

fonte:https://www.ijf.org/news/show/venezuela-2019-year-of-development
Compartilhar no Google Plus

About Ajuxx - Judô XiqueXique

0 comentários:

Postar um comentário